Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

La Principessa

lifestyle blog por sofia

Dom | 01.01.17

Chic'Ana, vamos tomar um chá?

Sofia Silva

Chic'Ana, vamos tomar um chá?

 

A minha convidada de hoje é a Ana, blogger que assina Chic'Ana, um blog que fala sobre peripécias da vida, a Ana conta as suas histórias de uma forma que só ela sabe fazer, sempre ou quase sempre, acompanhadas por um pedaço de banda desenhada.

 

A Sofia convidou-me muito simpaticamente para um chá, e que belo chá que ela me serviu: um chá gorreana. Apenas como curiosidade, esta é a mais antiga e única plantação de chá da Europa. É cultivado em São Miguel desde 1883 e, se tiverem oportunidade, apreciem o seu sabor requintado e diferente. Vale a pena. Bem que esta conversa podia ser sobre os chás e os seus benefícios, mas… já que estamos no inicio do ano e muitos de vocês pediram como desejo apostar na saúde e quem sabe, perder também algumas gordurinhas, venho falar do papel que o desporto pode desempenhar no nosso dia a dia.
 
Por experiência própria, apresento-vos a natação. A natação é um desporto super completo que pode ser praticado por quase toda a gente, incluindo bebés, grávidas e idosos, uma vez que é um desporto com muito pouco impacto nos ossos. O meio aquático é um meio super relaxante, benéfico para o corpo e estimulante das funções orgânicas. São inúmeras as suas vantagens, entre as mais conhecidas: melhora o sistema respiratório, fortalece as articulações e potencia a flexibilidade, protegendo os tendões e ligamentos. Através deste fortalecimento e proteção, reduz o risco de lesões e ajuda nas dores crónicas –passo parte do meu dia sentada, e sempre que por qualquer motivo falto à natação, no dia seguinte noto logo diferenças na coluna – melhora a componente postural, retarda os efeitos do envelhecimento, reduz o risco de episódios cardiovasculares, uma vez que o coração ganha músculo e perde gordura, e claro, ajuda na nossa auto-estima. E porque é esta valência importante? Fácil! Os nossos níveis de confiança aumentam, a segurança e independência também. O som borbulhante da água e a cadencia da respiração, faz com que seja também um ótimo exercício para combater o stress diário.
 
Existem quatro técnicas, começando pelo nível básico: crawl e costas, passando para um nível intermédio: bruços e finalmente para um nível avançado: mariposa. O mais exigente fisicamente é a mariposa, e quando não é executado com rigor, provoca um cansaço extremo. Estas técnicas trabalham a totalidade do corpo. Todos os músculos são chamados a desempenhar o seu papel, portanto é uma boa aposta para trabalharem todo o corpo.
 
Algumas dicas para tornar esta experiência mais gratificante: um bom aquecimento para preparar os músculos para o trabalho que vão desempenhar. Este aquecimento pode ser feito dentro ou fora de água. A nível de alimentos, a banana é uma excelente aposta para evitar as caimbras que possam surgir. Nunca esquecer a hidratação posterior ao exercício, pois o cloro, ou outros componentes podem ser agressivos para a pele e cabelos. E finalmente, quem disse que não podemos ser fashion dentro de água? As coleções de fatos de banho estão cada vez mais apelativas e confortáveis, os óculos podem revolucionar a experiência através de umas boas lentes e a touca protege o cabelo ao máximo.
 
Que me dizem, ficaram tentados a experimentar? Eu cá vou continuar nas minhas aventuras aquáticas, acompanham-me numas braçadas?
 
Bem sei que a Sofia queria manter segredo, mas deixámos o nosso chá a meio, fomos dar uns mergulhos e agora sim, estamos a terminar o mesmo muito mais relaxadas. Obrigada Sofia, por este bocadinho tão bem passado e deixa que te diga que tens muita elegância dentro de água.

 

Vamos começar 2017 a cuidar mais da nossa saúde? Costumam praticar desporto?

 

Acompanhem as novidades no Facebook e no Instagram

14 comentários

Comentar post