Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LA PRINCIPESSA

lifestyle blog por Sofia & Largad_Anca

24
Mai21

Ser mãe ... uma escolha ou uma obrigação?

largad_anca

Vivemos na era da liberdade. Todos clamam uma liberdade e dizem de peito cheio que são livres. Mas seremos mesmo tão livres como dizemos ser? Somos livres ou usamos a liberdade que a sociedade nos impõe? Alguma vez pararam para pensar nisso? O que é para vocês ser livre?

Desde que nascemos, somos criados a acreditar numa sociedade/ educação judaico-cristã. Esta premissa diz-nos ao longo dos tempos, que as mulheres são princesas ... mas princesas com obrigações. A obrigação da princesa é usar saia rodada, estudar, encontrar o príncipe encantado, casar, ter filhos, dedicar a sua vida à família e conseguir conjugá-la com a carreira. E a carreira, pode até ser algo de pouca importância porque a prioridade tem que ser a familia.

Mas temos todos que ser assim? Claro que não! É, com absoluta certeza, a primeira resposta que vos ocorre. Mas a verdade é que é isso que esperam de nós.

Desde muito cedo tive presente que não me via no papel de mãe. Ao longo dos tempos, e conforme, fui crescendo, ouvi as maiores barbaridades por afirmar que não queria ter filhos. E não são essas barbaridades verdadeiros atentados à nossa liberdade? À liberdade de escolha, ao livre arbítrio? Quantas de nós, pensaram em abdicar daquilo que a natureza lhes concedeu como dádiva, e deixou de o fazer, com medo do julgamento, por ser aquilo que se espera de uma mulher, porque as críticas são tão fortes, que se convenceram que no final de contas era mesmo o melhor da vida?! Atenção, acredito verdadeiramente que seja um amor sem igual. A esta altura, muitos também dirão "tu não entendes, porque não és mãe". É verdade, não sou mãe. E não quero ser. Ao contrário do que muitos pensam, adoro crianças. Ao contrário do que muitos julgam, não sou um ser egoísta com medo de estragar a minha barriga ou outras coisas do mesmo calibre. 

Defendo apenas uma coisa: respeito pelas escolhas dos outros. Eu respeito quem quer ser mãe. Admiro quem abdica de tanta coisa em prol de um outro ser. Acredito de verdade que se fica com o coração fora do peito. Será assim tão dificil respeitar que para algumas de nós, tudo isso é magnifico, mas nos outros?! Será assim tão dificil não julgar as escolhas dos outros/as?!

Serei assim tão egoísta por assumir sem medos que não é um papel que queira ter nesta vida e que isso não faz de mim um monstro?! Será isso mais egoísta do que ter um filho, porque sim, e não lhe dar a atenção que merece. Não será egoísta a perspectiva de ter um filho, com a visão futura de ter quem cuide de nós, numa velhice anunciada? E muitas vezes ouvi isso "não tens medo de não ter quem cuide de ti, na velhice?", como se ter um filho o garantisse. Será mais egoísta assumir que não se quer ou ter porque os outros querem? 

Claro que esta escolha de vida, condiciona muitas outras. Claro que já "perdi" relações com quem achava ser a pessoa da minha vida, por querermos coisas diferentes. Mas acima de tudo, sinto que ganhei. Sinto que me ganhei, por ser fiel ao ser mais importante da minha vida: eu. Compreendo que não posso ter comigo alguém que tem um querer tão diferente do meu... seria, aí sim, egoísta, por querer condicionar a vontade do outro. Não o faço. Mas também não deixo que o façam comigo. Mas também não engano, não iludo, não arrasto. É a minha escolha, aceito que tenha que encará-la sozinha.

Claro que é um tema fraturante da sociedade e, sobretudo, nas relações. Mas a vida é isso: escolhas que fazemos e as suas "consequências". Mas ceder a pressões externas é fraturante daquilo que somos. E no final do dia, o que é mais importante?

Há quem lhe chame egoísmo. 

Eu chamo amor próprio.

 

Um beijinho

14
Dez20

Reflexões do ano 2020

Sofia

Estes são os últimos dias de 2020, é época para refletir sobre tudo o que passou e fazer planos para tudo o que há-de vir em 2021.

2020 foi o ano da Pandemia, aquela que ficará na história por muitos e muitos anos. Aquela que, daqui a pouco tempo, fará parte dos livros da escola e que levou milhares de pessoas... 2020, para mim, foi um ano complicado que me afastou de uma das pessoas que mais amo mas que, de certa forma, nos aproximou ainda mais.

 

JANEIRO, FEVEREIRO e MARÇO

Ainda consigo lembrar a passagem de ano na Serra da Estrela, pensei mesmo que 2020 ia ser "o ano", posso garantir-vos que, para mim, foi o melhor início de todos, nunca poderia imaginar que ia ser assim, privado de tanto.

Janeiro e Fevereiro foram meses calmos mas Março foi quando tudo começou... iniciei o Teletralho, no início não foi fácil mas a rotina deu o ar de sua graça e tudo correu pelo melhor.

Nos últimos dias de Março chegou o meu novo ZOE estou muito satisfeita com ele.

 

ABRIL, MAIO e JUNHO

Em maio eu e o Luís fizemos 1 ano de namoro, sou tão grata por o ter na minha vida e a minha avó fez 80 anos... que falta me faz aquele colinho e dar-lhe aquele beijinho todos os dias, 2020 veio abrir-nos os olhos para muitas coisas mas também nos veio afastar de todos aqueles que amamos.

 

JULHO, AGOSTO e SETEMBRO

O mês começou com o meu aniversário logo no dia 5, consegui ter o Luís ao meu lado durante uma escapadela à Serra da Estrela mas este ano foi escasso de mimo 

Num pulinho estávamos em Setembro e é o aniversário dele, também conseguimos estar juntos e soube muitooo bem!

No final de Setembro nasceu a minha sobrinha, a Madalena!

 

OUTUBRO, NOVEMBRO e DEZEMBRO

No final de Outubro aventurei-me e tornei-me consultora Tupperware, criei a página La Principessa dos Tupperware e estou tãoo contente por o ter feito! Faz-me bem principalmente à cabeça.

Os últimos meses do ano estão a ser para mim, os mais difíceis de todos. Toda a gente sabe que esta deveria ser a época em que estaríamos juntos, em família e, com tudo isto da Pandemia, não será possível.. no final de novembro o meu avô fez 89 anos e este ano foi tão difícil sem o abraço e o beijinho de aniversário. 

 

Este ano foi diferente para todos nós, estivemos confinados e tempo foi o que não nos faltou,  logo nós que nos estamos sempre a "queixar" que não temos tempo para isto ou para aquilo, nós que somos ativos e que andamos sempre de um lado para o outro e, a bem dizer, não sabemos estar parados. Sinto que 2020 nós obrigou a fazer uma pausa, a pensar, a ponderar  todos os nosso passos e estilos de vida, sentem o mesmo?

 

Consegui:

Ver as séries Sweet Magnolias, Valeria, Never Have I Ever, You, Velvet Coleccion, Toy Boy, Peaky Blinders, The English Game, ShooterSelfMade: InspiredbythelifeofMadamC.J. Walker, Coisa Mais Linda, Grace & Frankie, entre outras.

Ver os filmes Contágio, O Irlândes, Bad Boys para sempre, Milagre na Cela 7, Viver 2 vezes, entre outros.

Quais as vossas reflexões do ano de 2020? O que esperam em 2021?

 

Um beijinho

31
Dez19

REFLEXÕES DO ANO 2019

Sofia

Estes são os últimos dias de 2019, esta é a época para refletir sobre o que passou e sobre o que ainda está para vir.

2019 veio cheia de mudanças, uma grande parte delas tornaram-me uma pessoa mais feliz! É o caso do meu namorado.. às vezes é difícil acreditar que o tenho na minha vida, é como se estivesse tudo alinhado no caminho certo, sinto que é "o tal" e a sensação é tãoooo boa!

Deixo-vos alguns comentários dos meus 12 meses.

 

JANEIRO, FEVEREIRO e MARÇO

Entre viagens, doces e pipocas, comprei um carro elétrico e estou super satisfeita com ele.

 

ABRIL, MAIO e JUNHO

Abril foi um mês de algumas mudanças, principalmente de pensamentos.. e essas mudanças fizeram do meu Maio o mês em que aceitei o pedido de namoro. Confesso-vos que não foi uma decisão fácil, embora saiba que ele é a pessoa mais importante da minha vida, a distancia é algo presente na nossa relação e é preciso muita coragem, confiança e acima de tudo amor.

 

JULHO, AGOSTO e SETEMBRO

Tantos passeios e momentos extraordinários, todos passados ao lado do Luís!

 

OUTUBRO, NOVEMBRO e DEZEMBRO

Estes 2 últimos meses do ano foram repletos de viagens entre Lisboa e a Serra da Estrela mas posso garantir que a cada viagem que faço custa mais voltar "a casa".. sim, porque o meu lar é ao lado de quem mais amo na vida.

 

Bem, agora que já viram um pouco do meu ano.. nos meus tempos livres aproveitei para fazer tudo menos escrever no La Principessa, eu sei bem que este ano andei um pouco distante mas em 2020 quero mudar isso, Foi sem querer que te quis de Raul Minh’alma, ver as séries O tempo entre costurasAs Telefonistas, The Crown, La Casa de Papel, Sobrevivente Designado e os filmes Laundromat de Steven Soderbergh, Amor e uma Estalagem de Roger Kumble, Um Cavaleiro a Tempo do Natal de Monika Mitchell.

O ponto alto do meu ano foi sem dúvida alguma começar a namorar com aquele que sei que é o Homem da minha vida.

Quais as vossas reflexões do ano de 2019? O que esperam em 2020?

 

Um beijinho

30
Dez17

Reflexões do ano 2017

Sofia

Estes são os últimos dias de 2016, esta é a época para refletir sobre o que passou e sobre o que ainda está para vir.


2017 foi um ano de constante crescimento, tanto para mim como para o La Principessa, que completou 4 aninhos (ainda é uma criança).


O post que mais marcaram como favorito e o mais comentado foi Sou só eu, ou é impressão minha? | Blogging, o Sapo em mudanças, o mais visitado foi Como aquecer num dia de frio? e janeiro foi o mês com mais visualizações.


 


Deixo-vos algumas fotografias dos meus 12 meses.


 


[slideshow]https://c1.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/G9a06ac5b/20832124_FMoPb.jpeg,https://c7.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/G6114c1db/20832125_zTtaP.jpeg,https://c8.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/Gb1057d8c/20832126_prt52.jpeg[/slideshow]


 


Nos meus tempos livres aproveitei para escrever no La Principessa, ver as séries Grey's Anatomy, Modern Family, Scandal, Castle, Rizzoli & Isles.


 


Viajei até Puerto Plata e Lanzarote, conheci Loriga (já ouviram falar da Nossa Senhora da Guia?). Ouvi Me Haces Falta de Antonio José, Besos En Guerra de Morat Juanes, Vivo Pensando en Ti de Felipe Pélaez e Maluma.


 


Quais as vossas reflexões do ano de 2017? O que esperam em 2018?

 

Um beijinho

Sobre nós

Uma lisboeta com raízes em Trás-os-Montes e na Serra da Estrela, e uma alfacinha de gema com uma costela Ribatejana. Apaixonadas por fotografia, moda, decoração e viagens. Com muitas histórias para contar e opiniões muito distintas, partilhamos realidades comuns a todos nós.
Sejam bem-vindos ao La Principessa por Sofia Silva e Largad_anca

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.